Vampiro: A Máscara 4ª edição – TEORIAS (PARTE 2)

Os fãs de Vampiro: A Máscara ficaram em polvorosa quando a quarta edição do jogo foi anunciada. A Onyx Path não falou quase nada sobre o que esperar de VTM4, mas adiantou algumas informações. Uma delas é: a Gehenna (ou algo como ela) realmente aconteceu, mas não matou todos os vampiros. Como vai ser a Gehenna em VTM4?

Uma cidade em chamas.
Crédito: Spirit Rede Social

A Gehenna seria o fim da história para os vampiros. Entretanto, o anúncio de VTM4 mostra que não vai ser assim. No entanto, a Gehenna será mantida, pois não poderia ser simplesmente descartada. Afinal, várias indicações de que ela aconteceria foram espalhadas nos diversos livros de “Vampiro: A Máscara” ao longo dos anos.

A hipótese da Gehenna, em VTM4, ser impedida antes de acontecer ou de ser parada logo após começar está descartada se a Onyx Path for fiel às próprias palavras e à história de “Vampiro: A Máscara”. Mesmo não destruindo completamente a espécie de Caim, a Gehenna precisa ser um acontecimento impactante para manter a coerência da história.

A TEORIA DO FANTASIA EM JOGO

Devido ao poder dos Antediluvianos, a Gehenna é vista como algo que vai destruir a grande maioria dos seres vivos da Terra, inclusive os humanos. Entretanto, há duas pistas indicando que a Gehenna pode deixar apenas os vampiros, e não os humanos, à beira da extinção.

A primeira já foi citada neste texto: segundo a Onyx Path, a Gehenna (ou algo como ela) realmente aconteceu. O trecho “algo como ela” dá a entender que a Gehenna de VTM4 não vai ser a mesma dos mitos vampíricos. Até porque, se a história vai continuar, os escritores precisam suavizar o impacto do apocalipse vampírico.

A segunda foi mencionada na PARTE 1 deste texto. A Onyx Path afirmou que VTM4 seria um jogo do século 21. Uma destruição muito intensa e global significaria a morte da civilização. Se a civilização humana (e toda a estrutura tecnológica criada por ela) tivesse que se reerguer novamente, seria como voltar algumas décadas, talvez até séculos.

Ou seja, demoraria muito tempo para a humanidade voltar ao padrão do século 21 e VTM4 não poderia ser um jogo do século 21. Por isso, este blog acredita que os humanos vão sim sentir as consequências de Gehenna, mas não acha que a humanidade vá passar por um “quase-apocalipse”.

CAMARILLA, SABÁ E O PÓS-GEHENNA

A Camarilla sempre jurou de pé junto que os Antediluvianos eram apenas um mito. A Gehenna de VTM4 provavelmente vai mostrar que isso era mentira. Então, todos vão ficar se perguntando: “Sobre o que mais a Camarilla errou (ou mentiu)?”.

O Sabá sempre foi mais corajoso do que a Camarilla quando o assunto era confronto físico. É provável que a seita tenha feito o que sempre prometeu fazer – ou seja, combater os Antediluvianos – e, por causa disso, sofrer uma expressiva derrota, perdendo uma boa parte dos integrantes dela.

As duas seitas vão estar bem enfraquecidas depois da Gehenna. A Camarilla vai enfrentar o descrédito dos próprios integrantes, o que pode causar a saída de vários deles; e o Sabá vai precisar ficar quieto até resolver o problema da falta de pessoal. Além disso, o “neo-feudalismo” da Camarilla e as trilhas de sabedoria do Sabá vão ser muito problemáticos para os vampiros que tentarem se adaptar às constantes mudanças do mundo do século 21.

Como já diz o título, o conteúdo deste texto é mera especulação.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *