O RPG que virou Card Game – Brasil Game Show – ENTREVISTA

Ontem (01), começou a Brasil Game Show (BGS), feira de games que está sendo realizada na São Paulo Expo. Na BGS, diversas empresas apresentam produtos, e o público poderá testar os jogos em primeira mão. É o caso de “Gwent: The Witcher Card Game”, que faz parte da franquia “The Witcher”, composta por jogos de ação e aventura com elementos de RPG. O Fantasia em Jogo, em parceria com a Geek It, entrevistou o relações-públicas de Gwent, Fabian Doehla.

Fantasia_em_Jogo_Gwent_The_Witcher
Fabian Doehla – relações públicas do Gwent.

Fantasia em Jogo – O que inspirou o time de desenvolvimento a criar um jogo como Gwent?
Fabian Doehla – Foram jogadores, fãs, feedbacks, pessoas enviando e-mails e imprimindo cartas que elas mesmas criaram, pessoas que continuavam perguntando sobre o enredo (…). Foi uma grande maneira de continuar esse legado e fazer algo para o jogador.

FJ – Como você vê Gwent em comparação com outros TCGs?
FD – Ele tem mecânicas diferentes de jogo. Os oponentes lutam num sistema de melhor de três. Acho que isso diferencia bastante. Nós todos jogamos “Hearthstone” e não queremos que as pessoas parem de jogá-lo por causa de Gwent, mas achamos que há um mercado grande o bastante (…) para estabelecer um TCG que seja realmente bom de jogar. Gwent também tem o universo de The Witcher, que é bem popular. Algo que ainda não mostramos é a campanha para jogador único, desenvolvida pelas mesmas pessoas que trabalharam em “The Witcher 3: Wild Hunt”, e mostra nossa técnica para contar histórias. Temos partidas ranqueadas, partidas de jogadores contra jogadores…

FJ – E as regras do jogo? Como ele funciona?
FD – Você escolhe entre cinco opções de baralhos no começo do jogo e pode trocar três cartas para terminar de montar o baralho escolhido. Talvez, você conheça esses baralhos dos The Witchers anteriores. Você começa a jogar contra seu oponente e precisa vencer dois rounds para ganhar a partida. Quem tiver mais pontos, o que depende das cartas no campo, ganha o round. É bem simples. Porém, se pensar bem, descobrirá coisas surpreendentemente complexas que você pode fazer: blefar, movimentos estratégicos… É um jogo de estratégia.

Tela de computador mostrando cartas e campos de batalha do jogo Gwent.
Partida de Gwent durante a BGS.

Cada carta de criatura tem um valor de combate. A soma dos valores de combate das criaturas é a pontuação do jogador. É possível aumentar a própria pontuação ao elevar os valores das criaturas. Também é possível diminuir a pontuação do adversário usando cartas que reduzem os valores de combate das cartas dele ou usando efeitos que retirem criaturas inimigas do campo.

FJ – Já vi em muitos TCGs jogadores tendo vantagem por comprarem mais cartas que outros. Como o Gwent lidará com isso?
FD – Você pode desbloquear todos os itens (sem pagar) se jogar tempo o suficiente, mas oferecemos a possibilidade de comprá-los. O que fazemos, para manter tudo transparente, é: se você decidir comprar algo, verá antes qual carta de heróis você vai ter. (…) Alguém que compra todos as cartas terá vantagem. Porém, pelo fato do game ser gratuito, sempre será possível encontrar jogadores o suficiente contra quem você pode jogar sem ter a desvantagem. Pessoas que não gastam dinheiro com o jogo são a maioria.

FJ – O que você acha dos jogadores brasileiros?
FD – Percebemos que eles falam bastante, são muito entusiasmados. Quando decidimos fazer um teste aqui, tivemos muitos feedbacks. Na verdade, pessoas disseram “obrigado”, o que é bem incomum nestes dias. Geralmente, as pessoas só dão feedback quando têm uma experiência negativa. Estamos muito felizes com todo o feedback que recebemos dos jogadores da América do Sul e estamos muito felizes em estar aqui. O melhor feedback que podemos ter é jogadores que jogam regularmente e cliente checando o jogo em primeira-mão com os desenvolvedores.

Outras informações estão disponíveis em: Brasil Game Show, The Witcher, Gwent e Geek It.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *